Mosteiro da Batalha – Prémio Cinco Estrelas Regiões

Mosteiro da Batalha

Foram precisos 185 anos para erguer o Mosteiro de Santa Maria da Vitória, conhecido como Mosteiro da Batalha, classificado pela UNESCO como obra prima da Humanidade.

A história deste mosteiro começa no dia 14 de Agosto de 1385, em pleno campo de batalha. D. João I acabara de ser aclamado rei e, desta vitória sobre os castelhanos dependia o futuro da dinastia de Avis e a independência de Portugal.

O rei reza à Virgem Maria, prometendo construir uma igreja em sua honra se saísse vitorioso da batalha. Os portugueses derrotam o inimigo, e D. João I cumpre a promessa. Santa Maria da Vitória é o nome do mosteiro, começando as obras no ano seguinte, em 1386, durando até 1517. O Gótico Flamejante é o estilo adotado por parte de D.João I, como manifestação da nova Dinastia de Avis e do poder Real, usando este “novo” estilo vindo de França, como sua imagem de marca.

Terá várias intervenções durante o reinado de D.Manuel, que ficaram por terminar, como as Capelas Imperfeitas, preteridas para a construção do Mosteiro dos Jerónimos, na época da expansão marítima de Portugal.



CATEGORIA

Monumentos Nacionais

DISTRITO

Leiria

TESTES

Estudo de mercado massificado junto de uma amostra representativa da população portuguesa de 313 450 indivíduos

Coloque aqui o seu E-mail para subscrever a newsletter Notícias Cinco-Estrelas

Quero receber as Notícias Cinco Estrelas